5 de março de 2010

Necessidades



O ser humano sempre buscou a satisfação de suas necessidades. A busca pela realização das necessidades e sempre constante e nos cria sonhos e desejos por diversas coisas. Segundo a Teoria de Maslow possuímos 5 formas de necessidades, ele explica através de sua teoria que sempre estamos a busca de algo que nos satisfaça e assim como todas as coisas, ela parte de uma forma básica para uma mais complexa. Ou seja, as necessidades começariam como uma forma básica através das necessidades fisiológicas partindo para mais complexas como segurança, necessidades sociais como afeto, amizade; e daí partiria para necessidades de status e estima e chegando ao seu ápice com a necessidade de auto realização.

Não é meu objetivo entrar a fundo na teoria, é sim propor o pensamento sobre nossas necessidades . Acredito sim que talvez a ordem proposta por Maslow possa estar correta, pelo menos em minha opinião... Sempre buscamos algo quando o que temos já não nos satisfaz, sempre buscamos coisas novas que possam nos completar em algum sentido, e que de forma geral nos traga motivação para lutar, crescer e conquistar sempre.

O que mais me impressiona é a necessidade de que algumas pessoas tem de expor para todos quando conseguem atingir o sucesso... Me deparei esse mês com algumas pessoas de minha rede que conseguiram passar no vestibular... É sempre muito bom conseguir algo que queremos, também já passei por essa conquista. Mas o fato é, realmente existe necessidade de exposição? Pensando de uma forma mais real, algumas das pessoas passaram para cursos que não tinham objetivo de passar e no entanto demonstraram para o “mundo” sua conquista e seus novos planos...

Isso me fez pensar que talvez algumas pessoas ajam de certa forma para demonstrar aos outros que realmente conseguem atingir um objetivo mesmo não sendo desejado, buscam apenas demonstrar aos outros que podem conseguir atingir situações que outros não conseguiriam em determinado momento. Ou seja, agem para tingir um objetivo não por disposição de realizar um sonho mas por necessidade de participar de uma disputa e demonstrar seu sucesso.

Esse tipo de atitude também é encontrado em outras diversas situações e tenho certeza que todos os leitores já presenciaram ou conhecem alguém que já viveram esse tipo de situação. Mas até quando a pessoa consegue sustentar essa situação? Até quando as pessoas conseguem apenas lutar por objetivos não concretos para atingir o próximo ao invés de buscar suas reais necessidades?

É realmente uma boa questão e que pode fazer a todos pensar em quais seriam nossas reais necessidades. Não estaríamos perdendo tempo de nossas vidas correndo atrás de coisas que não nos satisfariam? Vamos todos estabelecer nossas necessidades, realizar planos. E sempre certo que de qualquer forma obtemos aprendizado com todas as possíveis situações que a vida nos proporciona ou que nos mesmos buscamos...

Pense nisso: Quais suas reais necessidades???

05/03/10

2 comentários:

  1. Não entendi o "vc vc vc vc quer" mas obrigada por comentar!

    ResponderExcluir

5 de março de 2010

Necessidades



O ser humano sempre buscou a satisfação de suas necessidades. A busca pela realização das necessidades e sempre constante e nos cria sonhos e desejos por diversas coisas. Segundo a Teoria de Maslow possuímos 5 formas de necessidades, ele explica através de sua teoria que sempre estamos a busca de algo que nos satisfaça e assim como todas as coisas, ela parte de uma forma básica para uma mais complexa. Ou seja, as necessidades começariam como uma forma básica através das necessidades fisiológicas partindo para mais complexas como segurança, necessidades sociais como afeto, amizade; e daí partiria para necessidades de status e estima e chegando ao seu ápice com a necessidade de auto realização.

Não é meu objetivo entrar a fundo na teoria, é sim propor o pensamento sobre nossas necessidades . Acredito sim que talvez a ordem proposta por Maslow possa estar correta, pelo menos em minha opinião... Sempre buscamos algo quando o que temos já não nos satisfaz, sempre buscamos coisas novas que possam nos completar em algum sentido, e que de forma geral nos traga motivação para lutar, crescer e conquistar sempre.

O que mais me impressiona é a necessidade de que algumas pessoas tem de expor para todos quando conseguem atingir o sucesso... Me deparei esse mês com algumas pessoas de minha rede que conseguiram passar no vestibular... É sempre muito bom conseguir algo que queremos, também já passei por essa conquista. Mas o fato é, realmente existe necessidade de exposição? Pensando de uma forma mais real, algumas das pessoas passaram para cursos que não tinham objetivo de passar e no entanto demonstraram para o “mundo” sua conquista e seus novos planos...

Isso me fez pensar que talvez algumas pessoas ajam de certa forma para demonstrar aos outros que realmente conseguem atingir um objetivo mesmo não sendo desejado, buscam apenas demonstrar aos outros que podem conseguir atingir situações que outros não conseguiriam em determinado momento. Ou seja, agem para tingir um objetivo não por disposição de realizar um sonho mas por necessidade de participar de uma disputa e demonstrar seu sucesso.

Esse tipo de atitude também é encontrado em outras diversas situações e tenho certeza que todos os leitores já presenciaram ou conhecem alguém que já viveram esse tipo de situação. Mas até quando a pessoa consegue sustentar essa situação? Até quando as pessoas conseguem apenas lutar por objetivos não concretos para atingir o próximo ao invés de buscar suas reais necessidades?

É realmente uma boa questão e que pode fazer a todos pensar em quais seriam nossas reais necessidades. Não estaríamos perdendo tempo de nossas vidas correndo atrás de coisas que não nos satisfariam? Vamos todos estabelecer nossas necessidades, realizar planos. E sempre certo que de qualquer forma obtemos aprendizado com todas as possíveis situações que a vida nos proporciona ou que nos mesmos buscamos...

Pense nisso: Quais suas reais necessidades???

05/03/10

2 comentários:

  1. Não entendi o "vc vc vc vc quer" mas obrigada por comentar!

    ResponderExcluir